christos-stylianidesO Comissário europeu Christos Stylianides, que tutela a pasta da ajuda humanitária e gestão de crises, está dia 26 de outubro em Lisboa para participar na 13ª Reunião Ministerial, Acordo Parcial Aberto sobre Riscos Maiores do Conselho da Europa.

Este evento decorre no hotel D. Pedro, em Lisboa, e nele participam a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Às 10h00, o Comissário europeu Christos Stylianides, e a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, estão disponíveis para fazer declarações aos jornalistas.

O Comissário Stylianides tem ainda reuniões bilaterais com representantes do governo português e com líderes estrangeiros.

Mais informação:

A UE participa ativamente numa serie de estruturas e acordos internacionais em matéria de proteção civil.

Acordo Parcial Aberto sobre Riscos Maiores (EUR-OPA), adotado em Março de 1987 pelo Conselho da Europa, promove uma cooperação mais estreita entre os Estados-Membros em relação a prevenção e resposta a desastres naturais e tecnológicos.

Os principais objetivos deste Acordo passam por reforçar e promover a cooperação entre os Estados-Membros da Europa e do Mediterrâneo num contexto multidisciplinar (conhecimento e análise do risco, prevenção, gestão da emergência e recuperação), por forma a garantir uma melhor prevenção, proteção contra riscos e uma melhor preparação e resposta em caso de grandes catástrofes.

Os trabalhos estão orientados para a decisão politica e a coordenação cientifica e técnica, incluindo o desenvolvimento de sistemas de alerta precoce e de um numero significativo de centros de investigação.

Nem todos os Estados-Membros da UE são partes deste acordo. Atualmente, este Acordo conta com 25 Estados membros, incluindo Portugal, que são os seguintes:

Albânia, Arménia, Azerbaijão, Bélgica, Bósnia e Herzegovina, Bulgária, Croácia, Chipre, Geórgia, Grécia, Luxemburgo, Malta, República da Moldávia, Mónaco, Portugal, Roménia, Rússia, São Marino, Sérvia, antiga República da Macedónia, Turquia, Ucrânia, Argélia, Líbano e Marrocos.

Portugal possui um Centro Especializado em Riscos Urbanos (CERU), sediado em Lisboa.

Para mais informações:
http://ec.europa.eu/portugal/news/comissioner-christos-stylianides-lisbon-october-2016_pt

Share