europe-on-the-move copyDepois das medidas apresentadas em maio e novembro de 2017, a Comissão Juncker leva a cabo a terceira fase da agenda «Europa em Movimento», para modernizar o sistema europeu de transportes. O objetivo é permitir que todos os europeus beneficiem de um tráfego mais seguro, de veículos menos poluentes e de soluções tecnológicas mais avançadas, apoiando a competitividade da indústria da UE.

Uma das metas defendidas pelo presidente Juncker, no discurso sobre o estado da União, de setembro de 2017, é que a UE e as suas indústrias se tornem líderes mundiais no domínio da inovação, da transição digital e da descarbonização. Nesse sentido, as iniciativas hoje lançadas incluem:

  • Uma política integrada para o futuro da segurança rodoviária, com medidas de segurança para os veículos e as infraestruturas;
  • As primeiras normas relativas às emissões de CO2 dos veículos pesados;
  • Um plano de ação estratégico para o desenvolvimento e fabrico de baterias na Europa;
  • Uma estratégia para a mobilidade conectada e automatizada;

Com este terceiro pacote de medidas «Europa em Movimento», a Comissão completa a sua ambiciosa agenda para a modernização da mobilidade. O objetivo desta iniciativa é assegurar uma transição harmoniosa para um sistema de mobilidade que seja segurolimpoconectado e automatizado.

Mobilidade Segura
Embora o número de vítimas mortais causadas por acidentes de viação tenha diminuído mais de metade desde 2001, as preocupações mantêm-se, de acordo com o objetivo a longo prazo da UE de se aproximar dos zero mortos e feridos graves até 2050 («Vision Zero»). A Comissão está, por isso, a tomar medidas que contribuam para estradas mais seguras, propondo que os novos modelos de veículos sejam equipados com dispositivos avançados de segurança (ver lista completa aqui). Além disso, a Comissão ajuda os Estados-Membros a identificar os troços rodoviários mais perigosos e a orientar melhor os investimentos. Estas duas medidas poderão salvar até 10 500 vidas e evitar perto de 60 000 feridos graves no período de 2020-2030.

Mobilidade Limpa
A Comissão apresenta as primeiras normas sobre as emissões de CO2 dos veículos pesados. Até 2030, propõe-se a diminuição em 30 % das emissões médias de CO2 dos novos veículos pesados de mercadorias. Estes objetivos são coerentes com os compromissos assumidos pela UE no Acordo de Paris e permitirão a diminuição do consumo de combustíveis (25 000 euros ao longo de um período de cinco anos). Para alcançar esta meta, a Comissão facilita a conceção de camiões mais aerodinâmicos e está a melhorar a rotulagem dos pneus. É ainda proposto um plano de ação abrangente para as bateriasque contribuirá para criar um «ecossistema» de baterias competitivo e sustentável na Europa.

Mobilidade conectada e automatizada
A Comissão propõe hoje uma estratégia destinada a tornar a Europa um líder mundial em sistemas de mobilidade totalmente automatizados e conectados. A estratégia visa atingir um novo nível de cooperação entre os utentes, que poderá trazer enormes benefícios para o sistema de mobilidade no seu todo. Os transportes serão mais seguros, mais limpos, mais baratos e mais acessíveis para os idosos e para as pessoas com mobilidade reduzida. Além disso, a Comissão propõe a criação de um ambiente inteiramente digital para o intercâmbio de informações no setor do transporte de mercadorias. Esta medida reduzirá a burocracia e facilitará os fluxos de informação digital para operações logísticas.

Para mais informações:
https://ec.europa.eu/portugal/news/europe-on-move-new-measures-mobility_pt

 

 

Share