Brochura Educação e Formação 2015Esta publicação anual da União Europeia apresenta a evolução dos sistemas de educação e de formação europeus numa edição concisa, reunindo um vasto conjunto de estatísticas neste domínio. A Representação da Comissão Europeia em Portugal organiza uma apresentação seguida de debate a 28 de janeiro, pelas 15h00, no Largo Jean Monnet, 1-10º, em Lisboa, onde os dados relativos a Portugal serão analisados e comentados.O primeiro volume fornece uma visão geral do estado da educação e formação em toda a Europa, através da análise do progresso nos vários países no campo da educação e formação, tendo em conta os objetivos da Estratégia Europa 2020.

O segundo volume incide também sobre os desenvolvimentos políticos em cada país da União Europeia, incluindo Portugal, em matéria de educação e formação.

O evento (com interpretação simultânea) destina-se ao público português e em especial, aos profissionais e partes envolvidas na educação, interessados em conhecer o desempenho dos diferentes setores do sistema de ensino português com base em vários indicadores de qualidade, em comparação com outros países da UE.

A sessão de informação contará com representantes da Direção-Geral da Educação e Cultura da Comissão Europeia, assim como com a participação do Secretário de Estado da Educação de Portugal, João Costa. As presenças são limitadas à capacidade da sala.

Portugal reduziu significativamente a sua taxa de abandono escolar precoce e a conclusão de estudos superiores melhorou em grande medida. As autoridades governativas têm continuado a implementar grandes reformas com vista à melhoria do nível de competências básicas da população.

As inscrições na Educação Vocacional e Técnica (VTE) têm continuado a aumentar e foi lançado um novo conjunto de novos cursos técnicos superiores profissionais de curta duração (TeSP).

A elevada proporção de alunos que repetem o ano e a medida na qual o estatuto socioeconómico determina o sucesso na educação demonstram até que ponto garantir a equidade na educação básica continua a constituir um problema, apesar dos muitos novos programas e medidas que foram introduzidos na última década.

As taxas de inscrição na educação superior têm revelado algumas flutuações durante os últimos três anos.

Para mais informações sobre o Programa de apresentação da brochura consultar:
http://ec.europa.eu/portugal/comissao/destaques/20160119_monitor_educacao_formacao_2015_pt.htm

Share