BruxelasA Comissão Europeia adotou hoje novas medidas e a introdução de melhorias técnicas no Sistema de Informação de Schengen (SIS), que irão permitir um intercâmbio de informações específicas mais acelerado sobre suspeitos de terrorismo entre as autoridades com funções coercivas, serviços de segurança do Estado e guardas de fronteira nos 28 Estados de Schengen. Com esta nova ação, o SIS reforçará os esforços dos Estados-Membros no sentido de invalidar os documentos de identificação de pessoas que poderão integrar grupos terroristas fora da União Europeia. Esta ação faz parte do trabalho realizado pela Comissão, em estreita cooperação com os Estados-Membros, a fim de reforçar a segurança das fronteiras no âmbito do quadro legal existente, em resposta às ameaças terroristas.

Para mais informações:
http://www.cnpd.pt/bin/actividade/sis_schengen.htm

Share