AmbientalHá muito tempo que a Comissão Europeia está na vanguarda política do combate às alterações climáticas. Enquanto organização com um número importante de funcionários, a Comissão Europeia constitui por si só um exemplo e o seu impacto é real.

Com base no êxito alcançado pelo seu projecto-piloto lançado em 2001, a Comissão Europeia decidiu, no passado dia 23 de Setembro, alargar o seu sistema de gestão ambiental a todas as suas actividades e edifícios em Bruxelas e no Luxemburgo.

Graças a este sistema de certificação – baseado no Regulamento EMAS (Sistema de Ecogestão e Auditoria) – a Comissão Europeia aplica um sistema que define e avalia os aspectos ambientais das suas actividades, o qual permite introduzir melhorias constantes em áreas como:

  •  a eficiência energética;
  • a utilização óptima dos recursos naturais;
  • a redução das emissões de CO2.

Desenvolvimento em:

Share