aaHoje, 100 jovens vindos de toda a Europa vão apresentar propostas concretas sobre a forma de dar à Europa um futuro brilhante, na sequência dos debates no contexto da iniciativa Nova Narrativa para a Europa

Estas recomendaçõesVer esta ligação noutra línguaEN••• coincidem com os resultados de um novo inquérito Eurobarómetro, que mostra que a participação dos jovens em atividades de voluntariado, organizações e eleições tem vindo a aumentar nos últimos anos.

A cerimónia de encerramento da iniciativa Nova Narrativa para a Europa, que se realiza hoje em Bruxelas, reúne as conclusões dos debates dos jovens ao longo dos últimos dois anos. Graças a uma série de debates à escala europeia, este projeto alcançou cerca de 62 000 jovens. Subsequentemente, os jovens apresentaram doze propostas concretas sobre o futuro da Europa.

Tibor Navracsics, Comissário responsável pela Educação, Cultura, Juventude e Desporto, declarou: «Ver os jovens tão empenhados e ouvir as suas ideias inovadoras enche-me de otimismo quanto ao futuro da Europa. Vou analisar as recomendações da Nova Narrativa para a Europa com a maior atenção. Mas tal não significa o fim do processo – os jovens devem estar no cerne do debate sobre o futuro da Europa, pelo que gostaria que estas reflexões fossem prosseguidas.»

As propostas hoje apresentadas foram testadas num recente inquérito Eurobarómetro para verificar a sua recetividade junto de um grupo mais vasto de jovens. O inquérito, realizado em setembro de 2017, no âmbito do qual foram consultados cerca de 11 000 cidadãos com idades compreendidas entre os 15 e os 30 anos, mostra que os inquiridos concordam em geral com a necessidade de:

  • Promover o espírito crítico e a capacidade de pesquisar informações para combater as notícias falsas e o extremismo (49 %);
  • Facilitar o acesso a informações sobre ir viver e trabalhar no estrangeiro (49 %);
  • Promover uma mudança de comportamento graças a iniciativas respeitadoras do ambiente, tais como transportes sustentáveis ou sistemas de reciclagem em toda a Europa (40 %).

Outras conclusões importantes do Eurobarómetro:

  • Mais de metade dos jovens europeus considera que a educação e as competências constituem uma prioridade fundamental, que a UE deve ter em conta. A proteção do ambiente e a luta contra as alterações climáticas vêm em segundo lugar, seguidas do emprego, da gestão dos fluxos migratórios e da integração dos refugiados;
  • Registou-se um acréscimo da atividade dos jovens em relação ao último inquérito, efetuado em dezembro de 2014. 31 % dos inquiridos declararam ter participado em atividades de voluntariado organizadas no decurso dos últimos 12 meses;
  • Mais de metade está envolvida em organizações como clubes desportivos, clubes de jovens ou ONG locais;
  • Em particular, 64 % dos inquiridos afirmam ter votado numa eleição política nos últimos 3 anos.  

Para mais informações:
https://ec.europa.eu/portugal/news/future-of-europe-youth_pt

Share