European Solidarity Corps

European Solidarity Corps

O Parlamento Europeu e o Conselho chegaram a um acordo político sobre a proposta da Comissão de dotar o Corpo Europeu de Solidariedade de orçamento e quadro jurídico próprios até 2020.

O Comissário responsável pela Educação, Cultura, Juventude e Desporto, Tibor Navracsics, o Comissário responsável pelo Orçamento e Recursos Humanos, Günther H. Oettinger, e a Comissária responsável pelo Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade Laboral, Marianne Thyssen, saudaram o acordo com a seguinte declaração:

«Estamos muito satisfeitos por o Parlamento Europeu e o Conselho terem chegado a um acordo político sobre o quadro jurídico do Corpo Europeu de Solidariedade.

A União Europeia assenta na solidariedade; é um dos nossos valores fundamentais que interliga os cidadãos europeus. O Corpo de Solidariedade é uma parte essencial dos nossos esforços para capacitar os jovens e permitir-lhes que se tornem membros empenhados da nossa sociedade, desempenhando o seu papel na construção de uma Europa resiliente e coesa para o futuro. Desde o lançamento do Corpo Europeu de Solidariedade em dezembro de 2016 temos constatado o grande interesse dos jovens em participarem em atividades de solidariedade. Até à data, inscreveram-se quase 67 mil jovens, tendo milhares começado a fazer voluntariado, formação ou a trabalhar no apoio a pessoas e comunidades em situação de necessidade.

O Corpo Europeu de Solidariedade já começou a ter impacto. Na Itália central, por exemplo, vários voluntários vindos de toda a Europa participaram, em 2017 e 2018, em projetos para ajudar a restaurar o património cultural nas zonas afetadas pelos devastadores terramotos de 2016. Agora que o Corpo terá o seu próprio quadro jurídico e o seu próprio orçamento de 375,6 milhões de EUR até 2020, podemos manter a nossa promessa de arranjar colocação para 100 mil jovens até ao final de 2020. Além disso, o acordo hoje alcançado permitir-nos-á aumentar as oportunidades disponíveis e prestar mais ajuda em toda a Europa. Irá também preparar o caminho para as 350 mil colocações suplementares que queremos oferecer ao abrigo da proposta para o próximo orçamento de longo prazo da UE.

Gostaríamos de agradecer às presidências maltesa, estónia e búlgara, bem como às comissões do Parlamento Europeu da Cultura e da Educação e do Emprego e dos Assuntos Sociais pelo seu trabalho árduo e empenho. Gostaríamos também de agradecer aos relatores, Helga Trüpel e Brando Benifei. Esperamos que agora o Parlamento e o Conselho aprovem rapidamente o texto final que reflete este acordo para que possamos dar o próximo passo no sentido de tornar o Corpo Europeu de Solidariedade ainda mais eficaz e com mais impacto no terreno».

 

Para mais informações:
https://ec.europa.eu/portugal/news/reinforce-eu-solidarity-corps_pt

Share