13 copyOs vencedores da terceira edição do Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa, organizado pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, receberam os prémios pela mão do Comissário europeu Carlos Moedas, na cerimónia que decorreu a 19 de julho no NewsMuseum em Sintra.

As jornalistas Teresa Abecasis, com a reportagem no Público «Polónia: a liberdade de expressão está a passar à clandestinidade?», e Bruna Soares com a reportagem no Diário do Alentejo «Buinho: Messejana tem uma residência criativa onde existe o único fablab do Baixo Alentejo», venceram nas categorias Nacional e Regional, respetivamente. As vencedoras da categoria Estudante foram as três estudantes da Universidade Lusófona do Porto com o trabalho académico em formato podcast «Erasmus na Ponta da Língua». O júri recomendou ainda a atribuição de uma Menção Honrosa à equipa da TVI composta por André Carvalho Ramos, Romeu Carvalho e João Pedro Ferreira pela reportagem «Indesejados: um ano depois».

Este prémio, promovido pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, homenageia o jornalista Fernando de Sousa, um dos grandes jornalistas portugueses perito em assuntos europeus, e reconhece trabalhos informativos de excelência sobre assuntos europeus.

Em conformidade com o Regulamento do Prémio, o Júri de Seleção reuniu no dia 22 de maio e escolheu os vencedores de cada uma das três categorias e a recomendação para a menção honrosa de forma unânime. Nas peças vencedoras, o júri destaca a qualidade da escrita, a inovação quanto a temas, a aposta na reportagem de terreno com base em histórias concretas e a ligação clara à União Europeia e ao impacto de uma política ou programa europeu.

O Júri congratula-se pela qualidade das peças recebidas em todas as categorias e louvam a diversidade de temas e de formatos das candidaturas recebidas e a participação de jornalistas de âmbito regional e de estudantes de várias regiões do país. Na opinião do Júri, a seleção foi um exercício desafiante, mas os vencedores foram uma escolha clara e unânime. Os jurados foram unânimes ainda na recomendação de que o prémio continue, dado ser um excelente incentivo e reconhecimento do jornalismo português.

A Representação da Comissão Europeia em Portugal prepara-se para lançar a 4ª edição do prémio para peças publicadas durante 2019 no início do próximo ano.

Para mais informações:
https://ec.europa.eu/portugal/news/journalism-award-fernando-sousa-2019-ceremony_pt

 

 

Share